Abertura do Processo seletivo do Mestrado em Psicologia da UFPR

O PPGPSI lançou ontem (15/8) o edital 01/2017 referente a abertura do Processo Seletivo 2017 para o Mestrado em Psicologia. Ao todo serão disponibilizadas 56 vagas. As inscrições serão realizadas entre os dias 21 de agosto a 20 de setembro. As inscrições serão realizadas online. Edital na Íntegra em: http://www.humanas.ufpr.br/…/f…/2017/08/EDITAL-01-2017-2.pdf

Anúncios

Neuroética: a institucionalização da ética na neurociência

Os recentes avanços na neurociência suscitam inúmeras questões éticas. Neuroética é o estudo dos avanços éticos, legais e sociais em neurociência. Apesar de ser uma disciplina desenvolvida recentemente, a neuroética tem uma longa tradição histórica. A preocupação com questões éticas na neurociência é antiga e remonta às tradições filosóficas e científicas que originalmente tinham procurado … Continue lendo Neuroética: a institucionalização da ética na neurociência

Desempenho cognitivo de pacientes diabéticos tipo II em tratamento com insulina

Daniela V. Bavaresco1, Natalia C. Ferreira1, Tamires R. Pacheco3, Luciane B. Ceretta1,2, Lisiane T. G. Bitencourt1,2, Priscyla W. T. A. Simões1,2, Karin M. Gomes1,3, Graziela Amboni1,3 O Diabetes Mellitus é uma doença crônica que ocorre quando o pâncreas não produz insulina suficiente, ou o organismo não é capaz de utilizar eficazmente a insulina produzida. A … Continue lendo Desempenho cognitivo de pacientes diabéticos tipo II em tratamento com insulina

Relações entre controle inibitório e ansiedade no contexto da obesidade

Amer C. Hamdan1 & Marjorie R. Wanderley1 ¹ Universidade Federal do Paraná, Brasil A obesidade é uma condição multivariada de alta incidência na população brasileira, com diversas comorbidades, cujos fatores ainda não são totalmente conhecidos. Estudos recentes têm investigado a relação entre obesidade e funções neuropsicológicas específicas, tais como: integridade cognitiva geral, inteligência, habilidade visuoespacial, … Continue lendo Relações entre controle inibitório e ansiedade no contexto da obesidade