Avaliação Psicológica I

 

1. Avaliação psicológica e testes psicológicos: Conceitos básicos

Como podemos definir a avaliação psicológica? O que é um teste psicológico? O que é medir? Qual a importância da medida? O que é psicometria? Como podemos classificar os testes psicológicos? São questionamentos importantes para se compreender os fundamentos da avaliação psicológica.

2. A História da testagem psicológica

Qual a importância da testagem psicológica nos dias atuais? Quais foram as fases do desenvolvimento histórico da testagem psicológica? Quais fatores sociais proporcionaram o desenvolvimento dos testes psicológicos? Os testes psicológicos fazem parte do nosso dia-a-dia. Você já respondeu a algum teste psicológico? Certamente que sim. Quando os testes começaram a fazer parte do nosso dia-a-dia? O texto do Hogan apresenta um resumo interessante sobre a importância e a história da testagem psicológica.

3. História da testagem psicológica no Brasil

Quando os testes psicológicos começaram a ser utilizados no Brasil? Quem foram os pioneiros? Qual foi a primeira obra publicada no Brasil sobre testes psicológicos?

4. Questões básicas sobre mensuração

Por que quantificar? Quais são os níveis da mensuração? Quais são as abordagens da medida psicológica?

5. Padronização e normas dos testes psicológicos

O que é padronização? O que são as normas dos testes psicológicos?  Como as normas são construídas? O que é o escore bruto? Explique o que são os postos percentis e os escores padronizados? O que são os grupos de referências? Fazemos uma distinção entre padronização e normas dos testes psicológicos. O primeiro refere-se aos procedimentos de aplicação e correção desenvolvidos originalmente pelos autores do teste psicológico. As normas são os valores de referência que permitem interpretar corretamente o resultado de um teste psicológicos. Conhecer os procedimentos de construção das normas é importante para interpretação correta do teste.

 

6. Fidedignidade

Defina o que é fidedignidade? O que correlação? Quais são os fatores de não-fidedignidade dos testes psicológicos? Explique os principais métodos para se determinar a fidedignidade de um teste psicológico? Quais são os valores de referência aceitáveis de fidedignidade? Estas questões estão relacionadas com a fidedignidade do teste psicológico. Fidedignidade ou precisão é a consistência da medida do teste (escores) obtida pelas mesmas pessoas, testadas em diferentes ocasiões com o mesmo teste ou outros semelhantes.   Existem vários métodos para se determinar a fidedignidade de um teste psicológico. .

 

7. Validade

O que é validade de um teste psicológico? O que é a validade de face? Explique a validade de conteúdo? Explique a validade relacionada ao critério? Comente sobre a validade de construto? Validade é o grau em que um instrumento de medida mede aquilo que pretende medir. É a representação correta da informação. Existem vários métodos para se determinar a validade de um teste psicológico.

 

8. Legislação e ética na avaliação psicológica

Quais são os documentos dos psicólogos que regulamentam o uso dos testes psicológicos? O que é o SATEPSI? Quais são os cuidados éticos em relação ao uso dos testes psicológicos? Desde a regulamentação da profissão do psicólogo (1962), os testes psicológicos são instrumentos de uso privativo. Alguns princípios éticos devem ser observados para s correta utilização dos testes psicológicos.

 

9. Extra

Quais são os conhecimentos que os alunos tem sobre testes psicológicos? Pesquisa realizada por Noronha e colaboradores (2009) investigou qual a importância e o conhecimento que os alunos de psicologia atribuem a avaliação psicológica. Participaram  do estudo 257 estudantes que cursavam do primeiro ao quinto ano de uma universidade particular. Os resultados revelaram que os estudantes dão destaque aos conceitos de avaliação psicológica à medida que avançam no curso. Quanto ao domínio, os autores identificaram que os estudantes se percebem com maior domínio quanto mais se aproxima o final da formação. Confira o artigo Noronha e cols (2009).

Quais são os aspectos importantes para o ensino da avaliação psicológica?  Noronha e cols (2010) debatem esta questão utilizando como subsídio textos de referência (nacional e internacional) sobre as competências para a avaliação psicológica. Os autores analisam três aspectos importantes: conteúdo, infra-estrutura e métodos para o ensino da avaliação psicológica. Neste contexto, o que chama a atenção é a conclusão dos autores:

Para tanto, o psicólogo deve ler. Sim, o que parece obviedade não o é. Há profissionais que saem das Universidades acreditando que já possuem o substrato básico para exercer a profissão. E assim se mantém, ao longo de 30 anos de exercício profissional. Incrementar a formação implica mudar a concepção que se tem dela. Assim, o psicólogo deve se conceber com co-responsável pela qualidade da aquisição de seu know how.

Em outras palavras, para melhorar o ensino da avaliação psicológica é preciso manter-se atualizado e rever antigas práticas e concepções. Vale a pena ler.

Anúncios

4 comentários em “Avaliação Psicológica I

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s